sábado, 11 de setembro de 2010

Primeiros passos com o pirógrafo

Comprei um pirógrafo e pus-me a fazer experiências. Estes foram os primeiros ganchinhos e os primeiros colares...

10 comentários:

Savi disse...

Aqui estou eu de novo...
...ninguém diria que são os primeiros trabalhos com esta técnica,pois estão muito perfeiros .
Mais beijinhos
Savi

escargopotte disse...

amei descobrir teu blog, quantos trablahos bonitos, quanta perfeiçao, parabéns !

Manuela Cruz Vacas disse...

Mto bonitos, sim srª.
Na casa onde tenho aulas, tem à venda aparelho, estive para o trazer na 6ª-feira, mas tive receio.
Assim vou comprar e experimentar numa caixa ou moldura.
Parabéns, trabalhos lindos.
Bjkas

José Maria Lobato disse...

Olá amiga, uauuu, mas que maravilha, também vou querer um instrumentozinho desses, simplesmente divinal, já me imagino a usa-lo, e as suas peças ficaram maravilhosas, mesmo sendo as primeiras, parabéns!!! Abraço, Zé Maria

xandarte disse...

Olá,adorei,tambem tenho alguns trabalhos pirogravados,espreite no meu blog.Jocas

Lúcia disse...

ola, muito bonitos todos os teus trabanhos não a palavras que se possa dizer de tão maravilhosos que são , em especial adorei as cabaças pois so fã de todos os trabalhos que se fazem com elas beijos e boa semana

José Maria Lobato disse...

Olá cara amiga,,, sempre seguindo o seu trabalho e agradeço o seu carinho nas suas visitas lá no meu canto!!! Finalmente consegui comprar aqui no Brasil 2 cabaças bem pequenas para tentar decorar,,, se não se importa irei inspirar-me no seu trabalho, pode ser???
Aqui é algo dificil encontrar cabaças, em especial no sul, onde me encontro, pois as gentes daqui têm por tradição tomar chimarrão, que é uma efusão de ervas com água fervente e tomada precisamente numa "cuia", que é um recipiente semelhante à cabaça,,, vai daí, todo o material é direccionado às tais "cuias" e pouco resta para outros fins.
Um abraço e até breve, honrado pelas suas visitas, Zé Maria

Ana Martins disse...

Ficaram lindos, também sou assim, gosto de aprender e experimentar.

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

José Maria Lobato disse...

Olá querida amiga,,, venho agradecer sua disponibilidade para poder me inspirar nas suas brilhantes cabaças,,,, depois mostrarei o resultado, mas tenho a certeza que não chegarão nem aos calcanhares das suas!!! Mas vamos tentar!!! Grande abraço, Zé Maria

Isaura disse...

Olá Isaura
Já à algum tempo que não passava por aqui e cada vez que aqui venho vejo uma grande evolução, estão lindos os teus trabalhinhos, estás uma profissional de mão cheia, parabéns.
Bjs
Isaura